Hospedagens alternativas respondem por 20% da Booking.com

Opções de hospedagem alternativas a hotéis representam 20% do faturamento da Booking.com. O segmento que a agência de viagens on-line chama de “casas, apartamentos e outros lugares únicos para ficar” apresentou US$ 2,8 bilhões de receita em 2018, um quinto do total da OTA, que pela primeira vez abriu esses números. Somente no terceiro trimestre do ano passado, a unidade de negócios somou US$ 1 bilhão.

Outros dados apontam que, em 2018, 5,7 milhões de casas, apartamentos e congêneres foram reportados na plataforma, alta de 18% versus 2017. Segundo a Booking.com, isso é mais do que qualquer outra empresa no mercado de casas e apartamentos.

A OTA também anunciou que 40% de sua base de clientes ativos reservaram ao menos uma acomodação alternativa nos últimos 12 meses, “reforçando o interesse dos consumidores pela diversidade de acomodações, de hotel a casas, em uma única plataforma”.

Fonte: Panrotas