Com a explosão do setor de delivery, reflexo da pandemia do coronavírus, grandes empresas do setor como iFood e a Rappi, sediadas em Osasco, terão mais um concorrente de peso. Na quinta-feira (15), o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a parceria entre Outback, Giraffas, Bob’s e Rei do Mate, para criar e operar uma plataforma de delivery.

A plataforma gerenciada pelo grupo se chamará Quiq e nasce com o propósito de reduzir os custos de taxas cobradas pelos principais apps de delivery, como o iFood, Rappi e Uber Eats, que cobram, em média, entre 20 e 25% dos estabelecimentos. A nova ferramenta vai unificar pedidos de delivery ou retirada no local, e não vai afetar as operações convencionais de venda presencial das marcas.

O SinHoRes Osasco – Alphaville e Região apoia essa iniciativa e incentivará outras empresas a seguirem esse exemplo. “Infelizmente, grandes plataformas de delivery não têm mantido um bom diálogo com as empresas. O SinHoRes tentou, por diversas vezes, contato com a iFood para corrigir alguns problemas, mas sem sucesso. Enviamos também ofício à Rappi, mas não tivemos retorno”, afirmou o presidente do sindicato empresarial, Edson Pinto.

Com informações de Giro S/A