SinHoRes Osasco e Sinthoresp assinam Convenção Coletiva de Trabalho e da Gorjeta

Nessa quarta-feira, 25/10, o SinHoRes Osasco – Alphaville e Região e o Sinthoresp, sindicato dos trabalhadores, assinaram a Convenção Coletiva de Trabalho 2017/2019 e Convenção Coletiva da Gorjeta 2017, durante o Fórum SinHoRes de Gastronomia, Hospitalidade e Turismo, na Casa do Empreendedor de Osasco.

As CCTs foram assinadas pelo presidente do SinHoRes, Edson Pinto, e pelo presidente do Sinthoresp, Francisco Calasans Lacerda. O presidente da Federação de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Estado de São Paulo (Fhoresp), Nelson de Abreu Pinto, também assinou como testemunha.

A partir da assinatura dos documentos, o segmento de hotéis, restaurantes, bares e similares que abrange as cidades de Osasco, Barueri, Carapicuíba, Cajamar, Itapevi, Jandira, Pirapora do Bom Jesus e Santana de Parnaíba, que recentemente deixaram de pertencer à base de São  Paulo, contam com CCT que atende especificamente as demandas da região.

“Nesta Convenção, encontramos um caminho comum, onde foram comtemplados os interesses dos trabalhadores e dos empresários. A partir de agora, as empresas de nossa base não devem seguir a CCT de São Paulo. Quando entrarem em nosso site ou no Sinthoresp, procurem o documento de Osasco e região, pois, apesar de muito parecida com a de São Paulo, nossa Convenção tem alguns pontos de adequação à nossa região, afinal, existem diferenças econômicas, populacionais e per capitas em relação à capital”, afirmou o presidente Edson.

Para Nelson, presidente da Fhoresp, a assinatura da CCT em Osasco foi um momento histórico para a cidade, para São Paulo e para o Brasil. “Osasco conta com a presença de empresários do segmento e precisava de um espaço próprio. O ato de independência, de desmembramento do sindicato, foi construído com uma visão moderna”, afirmou.

O presidente do Sinthoresp também parabenizou o SinHoRes e falou sobre a importância das representações sindicais. “Existe um conflito de interesse entre capital e trabalho que já vem de longe e, partindo disso, vem a importância das representações sindicais de ambos os lados. O sindicato tem importância social! É aqui que a gente administra com inteligência e experiência esse conflito. De início, parabenizo e desejo todo sucesso para o sindicato. Esse realmente é um momento histórico para Osasco”, completou Calasans.

O ato da assinatura contou também com a presença do vice-presidente do SinHoRes, Paulo César Andrade; do diretor do Sinthoresp, Rubens Fernandes da Silva; advogado do SinHoRes, Dr. Marcel Borro; do advogado do Sinthoresp, Dr. Fabiano Lopes do Nascimento; e do Dr. Carlos Augusto Pinto, consultor do SinHoRes.